RECEM ESTREADO!

Fino Fio

O espetáculo faz uma leitura do ciclo nascer-morrer-nascer por meio de cenas que unem dança, música instrumental e canto. Brincando com as inúmeras possibilidades de fusões entre essas três linguagens artísticas a simbologia do fio é explorada como elemento tradutor da intermitência cíclica e das oposições que compõe a jornada humana: força e delicadeza, ligação e rompimento, resistência e vulnerabilidade. A partir dessa alegoria a criação musical e a performance conduzem o espectador a uma atmosfera poética que busca estimular o público å reflexão e riso. 

SOLO

Planta do Pé

Mesclando falas e coreografias, nesse espetáculo o público é convidado a conhecer um pouco das danças tradicionais brasileiras assim como refletir sobre o que ainda as mantém à margem da sociedade. Fruto da fusão das danças brasileiras à referências artísticas contemporâneas as coreografias passeiam por figuras mascaradas, danças que narram histórias e que ilustram sentimentos. Com delicadeza e informalidade procura-se revelar um pouco das infinitas possibilidades corporais e de recreações artísticas que as danças tradicionais brasileiras nos oferecem.

COMPANHIA SOMA

Soma ao Som

Este é o mais recente trabalho da companhia. Trata-se de um espetáculo de dança musicada e música dançada baseado em jogos de improviso. As dançarinas acompanhadas de dois músicos e de um iluminador, criam cenas e coreografias na hora a partir de sugestões de temas e situações dadas pelo público.

Fotos: Silvia Machado

A Última Estrada

Baseado na pesquisa de dança teatro da Soma este recente trabalho é uma  fábula dançada que narra a história de uma casal em sua jornada em direção ao mar. Neste espetáculo o público é convidado a sentar na área cênica e acompanhar de perto cada pequeno gesto e sutileza dos gestos.

Fotos: Silvia Machado

Do Papo ao Passo

Em uma conversa ilustrada por danças, figuras mascaradas e número circense as dançarinas mostram as danças das manifestações populares e contam ao público o caminho da construção de seu repertório coreográfico criado a partir da união das danças brasileiras à técnicas contemporâneas.

Fotos: Artur Ob. e Felipe Edmo

ANTONIO NÓBREGA

Semba

Espetáculo que propõe uma viagem pelo mundo do samba, por meio de suas formas primordiais, dos diversos batuques regionais e das modalidades criadas a partir do estabelecimento do gênero. Com Antonio Nóbrega, acompanhado de músicos e bailarinos que apresentam as possibilidades e variações desse ritmo.

Participação: direção coreográfica e elenco

Fotos: Silvia Machado

Compasso Sincopado

Por meio de performances, vídeos e falas, Nóbrega apresenta o seu pensamento sobre uma dança brasileira contemporânea sistematizada a partir do encontro de matrizes corporais populares  com  procedimentos formais provenientes das várias linguagens de dança tanto do Ocidente quanto do Oriente. Tomando ainda a dança no Brasil como ponto de partida de reflexão, Nóbrega esboça uma interpretação da cultura brasileira levando em conta  sua ascendência europeia – classe dominante, letrada – quanto a popular – marginal e de substrato oral.

Participação: dançarina

Fotos: Marcelo Macaue